NO RN movimentos sociais se unem em defesa da democracia e pelo direito de lula ser candidato

Após a condenação sem provas pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) imposta ao Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 24 de janeiro, a população em todo o Brasil está se mobilizando contra essa verdadeira perseguição a aquele que foi o melhor Presidente que este pais já teve.

No Rio Grande do Norte n√£o √© diferente, onde a cada dia s√£o criados v√°rios Comit√™s populares em defesa da democracia e pelo Direito de Lula ser candidato e tamb√©m pelas diversas manifesta√ß√Ķes populares.

Em Touros, município distante 83,4 km de Natal/RN na região do Mato Grande, foram realizados diversos atos a favor da democracia, como a ocupação do prédio do Fórum de justiça feita por trabalhadores ligados a FETRAF/RN, MST, Marcha Mundial das Mulheres, Partido dos Trabalhadores, dos municípios de São Miguel do Gostoso, Touros, Rio do Fogo e Pureza.

Em S√£o Miguel do Gostoso, mun√≠cipio distante 101,2 km de Natal/RN localizado tamb√©m na regi√£o do Mato Grande, o Comit√™ Popular em Defesa da Democracia e pelo Direito de Lula ser candidato realizou diversas atividades como atos de rua, esclarecendo a popula√ß√£o sobre esse processo de persegui√ß√£o ao Ex-Presidente e tamb√©m pelo risco que a nossa democracia corre com essas decis√Ķes.

Em Campo Grande, município distante 278,7 km de Natal/RN localizado na região oeste do estado, durante reunião ordinária da microrregional da ASA (Articulação no Semiárido Brasileiro), foi criado mais um comitê em defesa democracia, que teve participação importante do SINTRAF de Campo grande.

Fotos: Katiana Barbosa, Hildemar Peixoto e Hildebrando Rocha