FETRAF/RN RECEBE DO GOVERNO DO ESTADO MÁSCARAS E ÁLCOOL 70% QUE SERÃO DISTRIBUÍDOS AOS AGRICULTORES

A FETRAF/RN Assinou nesta terça-feira (19) o Termo de Cooperação com o Governo do Rio Grande do Norte, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), Controladoria Geral do Estado (Control) e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RN), com a Federação e outros movimentos e entidades como a FETARN, MST e Marcha Mundial das Mulheres, para distribuição de máscaras e álcool 70% para os Agricultores e Agricultoras Familiares do estado.

A assinatura aconteceu na sede da Escola de Governo e contou com a presença do secretário da Sedraf, Alexandre Lima, do controlador-geral do Estado, Pedro Lopes, do diretor-geral da Emater-RN, Cesar Oliveira, além de representações dos movimentos sociais, que irão colaborar, junto com a Emater-RN, na distribuição do material e irão realizar ações educativas e preventivas ao contágio do novo coronavírus em todo o RN.

A Coordenadora Geral da FETRAF/RN, Josana Lima esteve presente e destacou que, esta ação do Governo do Estado oferece condições e cuidados para que os agricultores permaneçam no campo produzindo alimentos saudáveis para a população. "Nós, enquanto Federação, temos que pensar na organização da agricultura familiar. Temos muitos trabalhadores rurais que não têm condições de comprar uma máscara ou o álcool em gel 70%", concluiu.

Durante a assinatura, foram entregues 30 mil máscaras e cinco mil litros de álcool 70% aos representantes dos movimentos sociais, o que corresponde a 22% da demanda. "A partir deste acordo, as entregas acontecerão semanalmente, sempre que recebermos lotes de fabricação de máscaras para o Programa RN+Protegido", disse Alexandre Lima, secretário da Sedraf. 

RN+Protegido

Desde que foi lançado, em abril, o programa já entregou mais de 1 milhão de máscaras de pano à população vulnerável e trabalhadores das atividades essenciais em todo o território potiguar e pretende alcançar a marca de 7 milhões de máscaras distribuídas.

A ação é uma parceria do Governo com as indústrias têxteis do Rio Grande do Norte e mantém o emprego de 4 mil funcionários nas oficinas do Pró-Sertão, associadas à indústria-âncora Guararapes, que doa a matéria-prima para a confecção das máscaras. As peças são fabricadas a preço de custo e adquiridas pelo Estado, que arca com os custos da mão-de-obra, com recursos do Governo Cidadão via empréstimo com o Banco Mundial.

A FETRAF/RN apresentou demanda, que beneficiarão Agricultores Familiares de 44 municípios, distribuídos nas regiões: Agreste, Mato Grande, Potengí, Oeste, Vale do Assú, Seridó e Trairí.

Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação do Governo do RN