Fetraf-brasil une-se aos movimentos pela defesa da democracia

A agricultura familiar levanta sua bandeira na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, nesta segunda-feira 29.08, pela democracia do País. O momento é de desconjuntura política e retrocessos com o governo que se instalou por meio de golpe.

N√£o muito diferente do que ocorreu em 1964, os movimentos sociais vivem novamente a repress√£o pol√≠tica. Hoje, o Brasil acompanhou a presidente Dilma Rousseff, que se defendeu no senado.  "Diante das acusa√ß√Ķes que contra mim s√£o dirigidas neste processo, n√£o posso deixar de sentir, na boca, novamente, o gosto √°spero e amargo da injusti√ßa e do arb√≠trio. E por isso, como no passado, resisto. N√£o esperem de mim o obsequioso sil√™ncio dos covardes. No passado, com as armas, e hoje, com a ret√≥rica jur√≠dica, pretendem novamente atentar contra a democracia e contra o Estado do Direito".

A Federa√ß√£o Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf) une-se a todos os movimentos que lutam contra as in√ļmeras medidas que marginalizam, excluem os trabalhadores (as), acabam com espa√ßos e a legitimidade da participa√ß√£o popular nas discuss√Ķes das pol√≠ticas p√ļblicas. E em marcha, os movimentos sociais levam nas m√£os a bandeira pelo direito de ter direitos, como tamb√©m mant√™-los. 

FONTE: FETRAF-BRASIL

Escrito por: Patrícia Costa -Assessoria de Comunicação da FETRAF-BRASIL