JUVENTUDE DO CAMPO APRENDE A VIVER EM GRUPO PRATICANDO A ECONOMIA SOLIDÁRIA

Compartilhar experiências, conhecimentos, desafios e expectativas faz parte da vivência em grupo da juventude, com as práticas da Economia Solidária.

Com esses princípios o Grupo Juventude em Ação da Comunidade rural de Capim-Açú em Santo Antônio, município distante 77 km de Natal/RN, recebeu a visita de técnicos do Projeto Promoção de Ações Integradas de Economia Solidária para o Desenvolvimento Local e Territorial visando a superação da extrema pobreza no RN, no último dia 18 de outubro na própria comunidade.

Fomentar a ideia de Economia Solidária no grupo, com enfoque na geração de renda, valorizando seu local de origem, convivendo com o semiárido, são objetivos centrais da ação.

O Coordenador de Juventude da FETRAF/RN, Alex Pontes que reside na própria comunidade, esteve presente na reunião e falou da importância da juventude se organizar: "A juventude precisa ser protagonista das mudanças na sociedade e de modo especial, a juventude do campo precisa de oportunidades para realizar uma maior intervenção na produção de arte, cultura e na própria convivência com o semiárido´, destacou Alex".