Hoje ├ę dia de ir para ├ás ruas lutar por educa├ž├úo e aposentadoria: #30M

Nesta quinta-feira (30), estudantes, professores e trabalhadores de todas as categorias profissionais se unem mais uma vez para lutar contra os cortes na educa├ž├úo, anunciados pelo ministro┬áAbraham Weintraub ┬áe contra a reforma da Previd├¬ncia do governo de Jair Bolsonaro (PSL), rumo ├á greve geral do dia 14 de junho.

├Ç mobiliza├ž├úo, convocada pela Uni├úo Nacional dos Estudantes (UNE), aderiram a CUT e entidades filiadas, como a Confedera├ž├úo Nacional dos Trabalhadores em Educa├ž├úo (CNTE), a Federa├ž├úo ├Ünica dos Petroleiros (FUP) e Confedera├ž├úo dos Trabalhadores no Servi├žo P├║blico Municipal (Confetam) porque este movimento n├úo ├ę s├│ dos estudantes, ├ę┬ácontra o projeto de pa├şs de Bolsonaro, que quer destruir a educa├ž├úo e a aposentadoria, acabar com o patrim├┤nio p├║blico, as empresas estatais e destruir movimentos sindical, comprometendo o futuro do pa├şs, diz o Secret├írio-Geral da CUT, S├ęrgio Nobre.┬á

"A luta deste dia 30 n├úo ├ę s├│ dos estudantes. ├ë em defesa do pa├şs. Por isso, os jovens abra├žaram a pauta como um dia nacional de luta da classe trabalhadora, rumo a greve geral", afirma.

Segundo S├ęrgio, todo mundo tem motivo pra sair, protestar, participar das mobiliza├ž├Áes, como mostrou o Portal da CUT nesta ter├ža-feira (28), com a mat├ęria┬á┬┤Dez raz├Áes para ir ├ás ruas nesta quinta e para no dia 14, na greve geral┬┤.┬á

"N├úo podemos ficar assistindo o desmonte das entidades sindicais, do patrim├┤nio p├║blico, das estatais, que a gente construiu ao longo de mais de cem anos.┬áN├úo podemos ver o pa├şs se transformar num quintal dos EUA.┬áNosso pa├şs tem soberania, tem um lugar no mundo, de cabe├ža erguida.┬áNosso povo quer ter uma vida decente. E para isso ├ę muito importante saber o que os riscos que o governo Bolsonaro representa", diz S├ęrgio.

E j├í tem atos rumo a greve geral do dia 14 de junho confirmados em 24 capitais, no Distrito Federal e mais de 150 cidades das Regi├Áes Metropolitanas e do┬á interior dos estados, segundo levantamento feito pelas CUTs estaduais e pela UNE

 

Confira onde já tem atos marcados:

Acre

Rio Branco, ├ás 8h, na Pra├ža da Revolu├ž├úo. ├Çs 17h, tem Sarau da Revolu├ž├úo

Alagoas

Macei├│, ├ás 13h, na Pra├ža do Centen├írio

Arapiraca, às 9h, no Bosque das Arapiracas

Amapá

Macap├í, ├ás 16h, na Pra├ža da Bandeira

Laranjal do Jari, ├ás 17h, na Pra├ža Central

Amazonas

Manaus, ├ás 15h, na Pra├ža da Saudade

Bahia

Salvador, ├ás 10h, na Pra├ža do Campo Grande

Alagoinhas, Pra├ža Rui Barbosa, Centro e Catu

Cama├žari, ├ás 9h, na Pra├ža Monte Negro

Feira de Santana ├ás 8h30,┬ána Pra├ža Tiradentes┬á

Irecê, às 8h, em frente ao BB no centro

Itabuna, às 15h, no Jardim do Ó

Jequi├ę, ├ás 15h, em frente a C├ómara Municipal

Paulo Afonso, ├ás 17h30, na Pra├ža da Tribuna

Serrinha, ├ás 7h30, na Pra├ža Lu├şs Nogueira

Vitória da Conquista, às 8h, em frente à Prefeitura

Ceará

Fortaleza, ├ás 14h, na Pra├ža da Gentil├óndia

*a Federa├ž├úo dos Trabalhadores no Servi├žo P├║blico Municipal do Estado do Cear├í (Fetamce) tem atos dos municipais marcados em:

Acarape, regional do Maci├žo de Baturit├ę, ├ás 14h, na Pra├ža da Igreja Matriz;┬á

Amontada, regional de Itapipoca, às 8h. no GInásio Poliesportivo Abilhão;

Barbalha, regional do Cariri, às 8h, no Parque da Cidade; 

Crate├║s, ├ás 16h, na Pra├ža da Igreja Matriz;

Iguatu, ├ás 8h, na Pra├ža da Caixa Econ├┤mica Federal;

Limoeiro do Norte, às 7h30, no campus do IFCE

Quixad├í, regional do Sert├úo Central, ├ás 8h, na Rua Jos├ę de Queiroz Pessoa, 2554, Planalto Universal;

Sobral, às 18h30, no IFCE Campus, na Av. Dr. Guarani, 317, Derby Clube;

Tianguá, regional de Serra da Ibiapaba, às 8h, no Convento, Av. Prefeito Jaques Nunes;

Distrito Federal

Bras├şlia, ├ás 10h, no Museu Nacional

Esp├şrito Santo

Vit├│ria, ├ás 16h30, no Teatro da Universidade Federal do Esp├şrito Santo (UFES).

Goiás

Goi├ónia, ├ás 15h, na Pra├ža Universit├íria

An├ípolis, 9h30, na Pra├ža do Anci├úo

Catal├úo, ├ás 8h, concentra├ž├úo na UFCat e IFGoiano

Ceres, 8h, concentra├ž├úo no campus do IFGoiano

Cidade de Goiás, 10h30 no IFG; 19h na UEG; e caminhada para a assembleia na UFG às 20h

Itumbiara, ├ás 18h no Espa├žo Arrai├í

Jata├ş, ├ás 19h, na Pra├ža CEU

Posse, ├ás 7h na Pra├ža da Matriz

Rio Verde, ├ás 8h30, na Pra├ža dos Skatistas

Silv├ónia, ├ás 19h30, audi├¬ncia p├║blica no Espa├žo Cultural Juvental Tavares, pela perman├¬ncia do Campus da UEG e outros 14, em risco de fechamento

Urua├žu, ├ás 17h, em frente ao Banco do Brasil

Maranhão

S├úo Lu├şs, ├ás 15h, na Pra├ža Deodoro

Bacabal, ├ás 16h30, na Pra├ža Silva Neta

Pinheiro, ├ás 8h, na Pra├ža Centen├írio

Timon, ├ás 7h, na Pra├ža S├úo Jos├ę

Mato Grosso

Cuiab├í, ├ás 14h, na Pra├ža Alencastro

Mato Grosso do Sul

Campo Grande, ├ás 15h, na Pra├ža Ary Coelho

Dourados, ├ás 14h, AULA NA RUA", na Pra├ža Paraguaia, ├ás 14h; ├ę ├ás 16h, ato pol├ştico

Ponta Por├ú, ├ás 14h, na Pra├ža L├şcio Borralho

Minas Gerais

Belo Horizonte, ├ás 17h, na Pra├ža Afonso Arinos

Itabirito, ├ás 9h, na Pra├ža 1┬║ de Maio

Montes Claros, ├ás 15h, na Pra├ža Dr. Carlos

Sete Lagoas, às 16h30, na Av. Antônio Olinto

Uberl├óndia, ├ás 15h, na Pra├ža do J, UFU

Nova Lima, ├ás 18h, na┬áPra├ža Bernardino de Lima, Centro, em frente a C├ómara Municipal

 

Pará

Bel├ęm, ├ás 16h, na Pra├ža da Rep├║blica

Bragan├ža, ├ás 16h, na Pra├ža das Bandeiras

Para├şba

Jo├úo Pessoa, ├ás 15h, no Centro de Ci├¬ncias Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Para├şba (UFPB)

Campina Grande, ├ás 13h, na Pra├ža da Bandeira

Paraná

Curitiba, ├ás 18h, na Pra├ža Santos Andrade

Maringá, às 9h na UEM

Londrina, ├ás 16h, no Cal├žad├úo do Centro

Foz do Igua├žu, ├ás 15h, no Terminal de Transporte Urbano de Foz

Pernambuco

Recife, às 15h, na Rua Aurora

Araripina, ├ás 8h, na Pra├ža da Igreja Matriz

Caruaru, às 8h, no Grande Hotel

Vitória de Santo Antão, às 13h, perto do Centro Acadêmico de Vitória (CAV)

Piau├ş

Teresina , ├ás 8h, na Pra├ža da Liberdade

Picos, ├ás 7h, na Pra├ža Feliz Pacheco

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, às 16h, na Candelária

Volta Redonda, ├ás 17h, na Pra├ža Juarez Antunes

Petr├│polis, ├ás 17h, na Pra├ža D. Pedro

Rio Grande do Norte

Natal, às 15h, no Shopping Midway

São Miguel, às 17h, na Rua Dr.  Jose Torquato

A├žu, ├ás 7h30, em frente ├á Escola Estadual Juscelino Kubitschek

Serra do Mel, ├ás 10h, debate sobre os impactos da reforma da Previd├¬ncia no Fundeb (Fundo de Manuten├ž├úo e Desenvolvimento da Educa├ž├úo B├ísica e de Valoriza├ž├úo dos Profissionais da Educa├ž├úo), na sede do Sindicato dos Servidores P├║blicos Municipais de Serra do Mel (SINDIMEL).

Rio Grande do Sul

Porto Alegre, às 18h, na Esquina Democrática (Borges de Medeiros X Rua dos Andradas)

Caxias do Sul, ├ás 17h30, na Pra├ža Dante Alighieri

Santa Maria, ├ás 17h, na Pra├ža Saldanha Marinho

Viam├úo, ├ás 13h, no Cal├žad├úo Tapir Rocha

Rond├┤nia

Porto Velho, ├ás 16h, na Funda├ž├úo Universidade de Rond├┤nia (UNIR)

Roraima

Boa Vista, ├ás 18h, no Centro C├şvico

Santa Catarina

Florian├│polis, ├ás 15h, na Pra├ža XV de Novembro

Joinville, ├ás 15h, na Pra├ža da Bandeira

Chapec├│, ├ás 18h, na Pra├ža Coronel Bertaso

Camboriú, às 12h, na IFC

São Paulo

São Paulo, às 16h, no Largo da Batata

Avar├ę, ├ás 18h, no Largo S├úo Jo├úo

Botucatu, ├ás 17h, na Pra├ža da Catedral

Ca├žapava, ├ás 9h, na Pra├ža da Bandeira

Piracicaba, ├ás 17h, na Pra├ža Jos├ę Bonif├ício

Santo Andr├ę, ├ÇS 12h, na E.E. Am├ęrico Brasiliense

Santos, ├ás 18h, na Esta├ž├úo Cidadania, na Av. Ana Costa, 340

S├úo Jos├ę do Rio Preto, ├ás 18h30, nem frente ├á C├ómara Municipal

Sorocaba, ├ás 13, na Pra├ža Cel. Fernando Prestes

Taubat├ę, ├ás 17h, na Pra├ža Santa Teresinha

Ubatuba, ├ás 17h, no Cal├žad├úo do Centro

Sergipe

Aracaju, ├ás 15h, na Pra├ža General Valad├úo

Tocantins

Palmas,  às 18h na Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Confira aqui a lista de cidades onde tem atos marcados feita pela UNE.

Fonte: CUT