Crescem a√ß√Ķes em defesa de Lula e da democracia no Brasil

√Ä medida que se aproxima a data do julgamento do recurso de Lula no Tribunal Regional Federal da 4¬™ Regi√£o (TRF-4), em 24 de janeiro, em Porto Alegre (RS), crescem as a√ß√Ķes em apoio ao ex-presidente em todo o Pa√≠s e tamb√©m no exterior.

Inaugura√ß√£o de Comit√™s em Defesa de Lula e da Democracia em cidades de todos os portes, mochil√£o de jovens paranaenses com destino √† capital ga√ļcha, blocos de Carnaval, calend√°rio de atos p√ļblicos e vig√≠lias, manifesta√ß√Ķes de artistas e intelectuais, greve de fome, aulas p√ļblicas, vaquinha virtual para que militantes possam ir a Porto Alegre s√£o algumas das iniciativas que entidades dos movimentos sindical e sociais e cidad√£os comuns est√£o realizando para demonstrar o seu apoio ao ex-presidente.

Para o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, "o movimento est√° aumentando porque cresce a consci√™ncia de que Lula √© inocente e que o processo contra ele tem o √ļnico objetivo de impedir a sua candidatura e aprofundar o ataque √† democracia e aos direitos dos trabalhadores".

Nesta quarta-feira (10), três jovens de Cascavel, no Paraná, começaram o "Mochilão da Democracia", uma jornada que cruzará várias cidades paranaenses até chegar a Curitiba. De lá, os jovens embarcarão para Porto Alegre para a grande vigília em apoio a Lula, que terá início no dia 23, véspera do julgamento. "Condenar Lula é condenar nosso futuro", justificam os jovens paranaenses no site do movimento.

Renata Sembay, Danielle Braz e Amanda Lemes contam que há mais de 100 jovens acompanhando mobilizando as pessoas nas cidades onde elas vão passar e que a expectativa é chegar em Curitiba com 500 jovens. Para empreender essa jornada, elas conseguiram ajuda financeira de militantes.

"Lutar pela absolvi√ß√£o de Lula significa lutar por Justi√ßa, defender o legado dos governos Lula-Dilma que tirou da mis√©ria e resgatou a dignidade de milh√Ķes de brasileiros, significa lutar pelos direitos sociais, trabalhistas e previdenci√°rios, da grande maioria do povo, e significa, sobretudo, lutar pela democracia", completa a advogada Danielle Braz, uma das coordenadoras do Mochil√£o.

J√° o fiscal da Secretaria da Fazenda do Munic√≠pio do Rio de Janeiro, Richard Faulhaber, 62 anos, chegou ontem a Porto Alegre e, em frente √† Catedral da cidade, deu in√≠cio √† primeira greve de fome em defesa da democracia, que pretende manter at√© o dia 24.¬† Ele justifica o seu gesto como "um ato de amor e solidariedade ao nosso povo mais sofrido e esquecido, e aos nossos irm√£os e companheiros que muito se dedicam ao nosso povo mais sofrido, e que, por este motivo, est√£o sendo perseguidos e ca√ßados com mentiras e manipula√ß√Ķes midi√°ticas dia e noite, noite e dia".¬†Confira aqui¬†mais detalhes da hist√≥ria de Richard.

Neste s√°bado (13), em v√°rias cidades, est√£o programados atos, panfletagens e inaugura√ß√£o de Comit√™s, numa grande a√ß√£o para informar a popula√ß√£o sobre o que a persegui√ß√£o a Lula representa para o povo brasileiro, capitaneada pela Frente Brasil Popular (FBP), que re√ļne entidades sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda.

Em Porto Alegre (RS), tamb√©m haver√° uma aula p√ļblica √†s 16 horas deste s√°bado, no Parque Reden√ß√£o, com a presen√ßa da fil√≥sofa M√°rcia Tiburi, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann e a deputada federal Manuela D¬ī√Āvila (PCdoB/RS), seguida de um show com artistas engajados na luta em defesa de Lula e da democracia.

Artistas e intelectuais
Em São Paulo, está marcado para a próxima quinta-feira (18), às 19 horas, o encontro "Artistas e Intelectuais com Lula", na Casa de Portugal, em São Paulo. Na ocasião, as personalidades reafirmarão sua defesa à democracia e ao direito de Lula ser candidato.

"A cada dia, aparecem manifesta√ß√Ķes e atividades diferentes, o que s√≥ contribui com o movimento que as nossas entidades do campo sindical e social deflagraram e que nos ajudam a dialogar com a popula√ß√£o para mostrar que a tentativa de deixar Lula fora da elei√ß√£o aprofunda o golpe contra o Brasil os trabalhadores e trabalhadoras", comenta S√©rgio Nobre, secret√°rio-Geral da CUT.

Solidariedade

E para buscar ajuda solid√°ria para custear as a√ß√Ķes em Porto Alegre at√© a data do julgamento, particularmente a vig√≠lia que come√ßa no dia 23, a FBP lan√ßou uma campanha virtual de arrecada√ß√£o financeira. As contribui√ß√Ķes podem ser feitas acessando o site¬†vakinha virtual.

Outra a√ß√£o da Frente √© a campanha para a hospedagem solid√°ria de militantes em Porto Alegre, que pode ser conferida no site¬†www.comlulaempoa.com.br, onde tamb√©m h√° informa√ß√Ķes sobre as in√ļmeras atividades programadas.

Outras iniciativas

E aproveitando o clima pré-carnavalesco, vários blocos vão às ruas neste final de semana para, com bom humor, mostrar à população que Lula é vítima de um julgamento político.

. Em Fortaleza (CE), por exemplo, o bloco "T√ī com Lula" vai sair √†s 9 horas da Pra√ßa do Carmo.

. Em Olinda (PE), a "Troça Carnavalesca Sapo Barbudo", se concentra às 16 horas da Praça do Carmo.

Manifesto

Enquanto isso, segue na internet a campanha para a adesão ao Manifesto "Eleição sem Lula é Fraude", inciativa que partiu de um grupo de personalidades brasileiras e do Exterior e que até a tarde desta quinta-feira contava com a assinatura de mais de 163 mil pessoas.

Entre as √ļltimas personalidades estrangeiras a aderir ao manifesto est√° o cineasta norte-americano Oliver Stone, que se soma agora a nomes como o tamb√©m cineasta grego Costa-Gavras, o soci√≥logo portugu√™s Boaventura de Souza Santos, os ex-presidentes Jos√© Mujica (Uruguai), Cristina Kirchner (Argentina), Rafael Correa (Equador), Ernesto Samper (Col√īmbia) e o escritor argentino Adolfo Perez Esquivel (clique aqui para assinar).

Artistas brasileiros como Chico Buarque, Wagner Moura e S√©rgio Mamberti, entre outros, tamb√©m aderiram ao manifesto. Alguns deles, inclusive, como os atores Osmar Prado e Tonico Pereira e o cantor Chico C√©sar, divulgaram um v√≠deo em apoio a Lula. "A Justi√ßa que o Brasil merece √© independente e apartid√°ria. √Č essa a Justi√ßa que o Brasil quer", afirma T√īnico Pereira no v√≠deo.

"Temos certeza de que todo esse movimento vai crescer ainda mais, porque o Brasil quer de volta a sua democracia e os direitos de seu povo e sabe que eleição sem Lula é fraude", conclui o presidente da CUT.

Confira aqui outras a√ß√Ķes programadas:

Dia 19

S√£o Paulo (SP) - Ato dos Educadores em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato (Apeoesp - pra√ßa da Rep√ļblica, 282), √†s 16 horas

Dia 20

Porto Alegre (RS) - Início do acampamento dos movimentos sociais

Dia 22

Porto Alegre (RS) - Seminário Internacional pela Democracia (FETRAFI - rua Coronel Fernando Machado, 820), das 10 às 17 horas)

Porto Alegre (RS) - Grande ato com Juristas em Defesa da Democracia, às 18 horas

Dia 23

Em todo o Brasil - Mobiliza√ß√Ķes e vig√≠lias de den√ļncia e press√£o sobre o Judici√°rio e a m√≠dia golpista

Porto Alegre (RS) - Plenária das Mulheres pela Democracia com Dilma (FETRAFI - rua Coronel Fernando Machado, 820), às 9 horas

Porto Alegre (RS) - Concentração para a Grande Marcha na Esquina Democrática e ato político-cultural, às 16 horas

Dia 24

Em todo o Brasil - manifesta√ß√Ķes em todo o Brasil

Porto Alegre (RS - Vig√≠lia e ato p√ļblico em frente ao TRF-4, durante todo o dia

São Paulo (SP) - Grande manifestação na Avenida Paulista, às 18 horas

Fonte: CUT