CONTRAF BRASIL busca parceria com a FAO para fortalecer agricultura familiar no Brasil

A CONTRAF BRASIL participa durante esta semana de reuni√Ķes com a Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas para a Alimenta√ß√£o e Agricultura (FAO), entidade de refer√™ncia internacional que apoia iniciativas para fortalecer a agricultura familiar, o combate √† desertifica√ß√£o, a√ß√Ķes de mitiga√ß√£o e recupera√ß√£o da degrada√ß√£o da terra, a diminui√ß√£o dos efeitos da seca, a produ√ß√£o de alimentos e o combate √† fome.
Em Roma, o coordenador geral da CONTRAF BRASIL, Marcos Rochinski, apresentou a estrutura organizacional do sistema CONTRAF BRASIL e o conjunto de propostas e diretrizes que o movimento trabalha, no sentido de potencializar a perspectiva de desenvolvimento sustentável, que passa pelo fortalecimento da agricultura familiar e reforma agrária como políticas estratégicas. 
 
"Esse encontro √© de fundamental import√Ęncia principalmente para nos apresentarmos enquanto CONTRAF BRASIL, que passou a ser um sistema confederativo. Estamos saindo daqui otimistas sobre projetos que ir√£o beneficiar os agricultores a agricultoras familiares do Brasil", avalia Marcos.¬†
 
Na oportunidade, Rochinski destacou também que o Brasil possui políticas de agricultura familiar bem sucedidas e que foram construídas pelos movimentos sindicais, como a CONTRAF BRASIL. " Esperamos que o modelo de nossas políticas como a de crédito, assistência técnica, compras institucionais, habitação e outros casos de sucesso possam servir de referência para a construção de novas políticas dessa natureza em outros países. Ter a FAO como parceria e facilitadora neste processo é essencial para que de fato isso se torne uma realidade", explica.
 
Um dos objetivos da reuni√£o √© buscar apoio da FAO no processo de interc√Ęmbio de experi√™ncias exitosas entre organiza√ß√Ķes dos agricultores e agricultoras familiares com pa√≠ses da Am√©rica Latina, da √Āfrica e √Āsia, como tamb√©m fortalecer o sistema CONTRAF BRASIL perante entidades e governos de outros pa√≠ses que defendem o desenvolvimento agr√°rio e sustent√°vel para a soberania alimentar.
 
No dia de hoje, 24.10, as reuni√Ķes envolveram departamentos de alimenta√ß√£o, nutri√ß√£o, cadeiras produtivas e divis√£o de desenvolvimento territorial. Ainda, essa semana haver√° atividades em Bruxelas, na B√©lgica.¬†

Escrito por: Assessoria de Comunicação da CONTRAF BRASIL - Patrícia Costa

FONTE: CONTRAF BRASIL