SINTRAF DE PUREZA √Č PARCEIRO DO PROGRAMA UM MILH√ÉO DE CISTERNAS RURAIS DA ASA

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (SINTRAF) de Pureza, município distante 89,3 km de Natal/RN, é parceiro do Programa Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC) da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA).

O Sindicato por meio de seus dirigentes participa de todo o processo do Programa, como o cadastro e seleção dos futuros beneficiários, cursos de gerenciamento em recursos hídricos, acompanhamento das obras e entre outras etapas do processo de execução do P1MC.

OBJETIVO

A conviv√™ncia com o Semi√°rido pressup√Ķe a ado√ß√£o da cultura do estoque. Estoque de √°gua para diversos usos - consumo humano, produ√ß√£o de alimentos e para servir aos animais. Estoque de alimento para fam√≠lia e para a cria√ß√£o animal. E o estoque de sementes para os pr√≥ximos plantios, entre outros.

O primeiro programa desenvolvido pela ASA, no início dos anos 2000, visa atender a uma necessidade básica da população que vive no campo: água de beber. Com esse intuito nasce o Programa Um Milhão de Cisternas, o P1MC. Melhorar a vida das famílias que vivem na Região Semiárida do Brasil, garantindo o acesso à água de qualidade é o principal objetivo do Programa.

Atrav√©s do armazenamento da √°gua da chuva em cisternas constru√≠das com placas de cimento ao lado de cada casa, as fam√≠lias que vivem na zona rural dos munic√≠pios do Semi√°rido passam a ter √°gua pot√°vel a alguns passos. N√£o se faz mais necess√°rio o sacrif√≠cio do deslocamento de quil√īmetros para buscar √°gua para fazer um caf√©, cozinhar e beber.

Isso é o chamamos de descentralização e democratização da água. Em vez de grandes açudes, muitas vezes construídos em terras particulares, as cisternas estocam um volume de água para uso de cada família. A grande conquista destas famílias é que elas passam de dependentes a gestoras de sua própria água.

Assim, o P1MC possibilita in√ļmeros avan√ßos n√£o s√≥ para as fam√≠lias, mas para as comunidades rurais como um todo, como o aumento da frequ√™ncia escolar, a diminui√ß√£o da incid√™ncia de doen√ßas em virtude do consumo de √°gua contaminada e a diminui√ß√£o da sobrecarga de trabalho das mulheres nas atividades dom√©sticas.

Com o P1MC, muitas comunidades rurais vêm passando por uma transformação mais profunda e estruturante. Com a passagem do programa na localidade, ficam os ensinamentos de que, reunidos e organizados, é mais garantido conquistar direitos violados. Assim, através do estímulo à organização comunitária, a conquista da cidadania vai se tornando realidade.

Desse jeito, o povo do Semiárido vai mudando sua história ao construir, com seu próprio suor, labor e alegria, uma nova história. Uma história escrita a partir do reconhecimento de sua capacidade de luta e defesa de seus direitos, sejam eles o acesso à água, a uma educação contextualizada e de qualidade, ao crédito, à preservação das sementes crioulas, ao direito de se comunicar, entre tantos outros.

Fotos: SINTRAF de Pureza

Informa√ß√Ķes: ASA